In�cio

Sobre Nós

Serviços |

Catalógo |

Tundavala On


EMPREENDEDORISMO

""

Jovens líderes africanos são formados em Maputo


Terça-feira, 20 de Março de 2018



Jovens engajados em diversos ramos de actividades económica, social e política de Angola e Moçambique, estão, desde o dia 19 de Abril, na cidade de Maputo, a ser formados pela Inciativa para Jovens Líderes Africanos (YALI).

A formação, inserida no Programa do Governo dos Estados Unidos, é dirigida nesta 5a edição a 50 jovens que frequentam os cursos de “Criação de negócios e empreendedorismo”, “Administração pública e governação” e Liderança cívica.

O jornalista e empreendedor Domingos Mucuta, representa a província da Huíla, no curso de Criação de negócios e empreendedorismo, junto com outros 19 jovens angolanos selecionado para esta edição.

O curso, que decorre até 13 de Abril próximo no Centro Satélite do Campus da Universidade Eduardo Mondlane, tem como objectivo dotar os participantes de ferramentas de resolução de problemas complexos e multidisciplinar, incentivar o pensamento empreendedor e criar pensadores africanos críticos.

A 5a edição tem também como objectivo a utilização das novas ferramentas de tratamento de informações, conhecimentos e de oportunidade, encorajar a comunicação e a colaboração multicultural e sensibilizar os jovens sobre os problemas africanos contemporâneos.

Os facilitadores da formação dos cursos são renomados professores universitários e especialistas nos assuntos. O programa investe na preparação da próxima geração de líderes africanos para assumir os processos de transformação multisectorial.

A conselheira da embaixada de Angola em Moçambique, Maria Pereira, considerou na abertura que a formação contínua é uma exigência do avanço da ciência e tecnologia e um imperativo de competividade circunscrita no mercado e nos serviços públicos.

Maria Pereira referiu que o curso é a semente de muitos outros como instrumento de uma educação contínua dos agentes políticos, administrativos, seja no empreendedorismo, gestão pública, governação como liderança cívica.

O director do programa em Maputo, Sipuka Olwete, disse que a formação permite a troca de experiência entre os participantes, estimula a aprendizagem e proactividade dos jovens para corresponder com os desafios do presente e contribui para o desenvolvimento de África.

O oficial chefe da Agência dos Estados Unidos de América para o Desenvolvimento Internacional (USAID), Martin Mclaughlin, afirmou que a juventude de Moçambique e de Angola, em particular, e de África Austral, em geral, tem um grande potencial para promover mudanças.

“O programa de centros regionais de liderança da exemplifica a visão dos Estados Unidos de América para apoiar a próxima geração de líderes de modo a desenvolver habilidades, contribuir para aumentar a reponsabilidade, fundando e fazendo crescer empreendimentos de negócios e servir as comunidades e a região austral”, explicou.

O Centro Regional de Liderança em Maputo, lançado em Outubro de 2016, já formou mais de 250 jovens líderes nas áreas de “Criação de negócios e empreendedorismo”, “Administração pública e governação” e “Liderança cívica”, consideradas pelos promotores fulcrais para o desenvolvimento.


Compartilhar:





Quipungo mobiliza empresários

Sérgio Rodrigues 'assediado' no Lubango

Estágio garantido na Ordem dos Advogados para estudantes do curso de Direito do ISPI

Amor da Eritreia confirmado em Angola

Licenciada para ensinar métodos de fabricação de sabão artesanal

Jovens líderes africanos são formados em Maputo

Fique atualizado. Colabore. Envie o seu conteúdo

Tundavala-AudioVisuais © 2020