In�cio

Sobre Nós

Serviços |

Catalógo |

Tundavala On


EMPREENDEDORISMO

""

Oito passos para cultivar a persistência

Livro de NAPOLEON HILL afirma que qualquer um pode aprender a persistência


Quinta-feira, 16 de Março de 2017



A persistência é um estado de espírito; portanto, pode ser cultivada, de acordo com NAPOLEON HILL .Como todos os estados de espírito, a persistência baseia-se em causas definidas, entre as quais temos:

1. Propósito definido: Saber o que se deseja é o primeiro e, talvez, o passo mais importante para o desenvolvimento da persistência. Um motivo forte faz superar muitas dificuldades.

2. Desejo: É comparativamente fácil adquirir e manter persistência, ao perseguir o objecto de um desejo intenso.

3. Autoconfiança: Acreditar na própria capacidade de realizar um plano anima a seguir o plano até ao fim, com persistência.

4. Planos definidos: Planos organizados, mesmo que sejam fracos e inteiramente impraticáveis, estimulam a persistência

5. Conhecimento preciso: Saber que nossos planos são sólidos, baseados na experiência ou na observação, encoraja a persistência; adivinhação, em vez de conhecimentos, destrói a persistência.

6. Cooperação: Simpatia, compreensão harmoniosa com outros tendem a desenvolver a persistência.

7. Força de vontade: O hábito de concentrar o pensamento na formação de planos para alcançar propósitos definidos, conduz a persistência.

8. Hábito: A persistência é resultado directo do hábito. A mente absorve e se torna parte das experiências diárias, nas quais se alimenta. O medo, o pior de todos os inimigos, pode ser eficazmente curado pela repetição forçada de actos de coragem. Todos os que, na guerra, entraram em serviço activo, sabem disso.


Compartilhar:





A elasticidade literária de Paulino Soma

A febre de doenças conjunturais

Do Viva Sapatos ao Viva o Amor

Mirian Jai

O mau conselheiro dos rapazes irracionais

O sabor da razão de Heitor e os espelhos partidos

Fique atualizado. Colabore. Envie o seu conteúdo

Tundavala-AudioVisuais © 2019